União Europeia indica nova coordenadora antitráfico
12-12-2010

Juntamente com a aprovação de novas diretrizes de combate ao tráfico de pessoas pelo Parlamento Europeu, Comissão oficializou indicação da socióloga Myria Vassiliadou, do Chipre, para a coordenação de ações e esforços

Por Repórter Brasil

A cipriota Myria Vassiliadou foi indicada pela Comissão Européia, na última terça-feira (14), para o cargo de coordenadora européia antitráfico. Paralelamente, o Parlamento Europeu aprovou novas diretrizes de combate ao tráfico de pessoas que foram propostas em março deste ano.

As medidas – que exigem ação dos Estados-membros em três linhas: o julgamento dos criminosos envolvidos com o tráfico de pessoas, a proteção de vítimas e a prevenção para evitar as diversas formas de exploração –  foram saudadas pela comissária de relações interiores da União Europeia (UE), Cecilia Malmström, da Suécia. “Foi um importante dia para o sentido combate ao trabalho escravo contemporâneo”.

Para Cecilia, o acordo político entre os países revela uma “ampla ambição” dentro do bloco no sentido de avançar no sentido dos esforços para a construção de uma política antitráfico europeia mais abrangente.

Sobre a nova coordenadora, a comissária sueca dalientou que a coordenadora terá papel central na coordenação de todos os aspectos contra esse crime abominável. “Estou muito alegre pelo fato de que a senhora Vassiiadou tenha aceitado e buscarei trabalhar junto com ela”.

Além de atuar na coordenação e na coesão entre instituições da UE, faz parte das atribuições da nova coordenadora colaborar na elaboração de políticas e estratégias contra o tráfico de pessoas.

Myrya é Ph.D. em Sociologia e tem extensa experiência em áreas como direitos fundamentais, tráfico, migração e direitos das mulheres. Ao longo de sua carreira, já desempenhou cargos na academia, em instituições públicas e em organizações não-governamentais (ONGs).

Mais informações podem ser obtidas na página da própria Cecilia Malmström, para quem a nova coordenadora terá de responder.