México: 600 crianças e jovens são resgatados de internato
17-07-2014

Uma operação das forças federais e do exército mexicano resgatou nesta quarta-feira (16), cerca de 600 pessoas de um internato no município de Zamura, no estado de Michoacán, no México. Pelo menos 438 menores de idade, entre eles seis bebês, e 159 adultos, com idade entre 18 e 40 anos, foram encontrados em condições de exploração, violência e maus tratos. A denúncia partiu de cinco pais de crianças que haviam sido sequestradas. O abrigo ilegal funcionava há 40 anos e era dirigido pela fundadora, Rosa del Carmen Verduzco, que foi presa com mais sete pessoas. As informações são da Agência de Notícias AFP.

A maior parte das crianças era obrigada a pedir esmolas e algumas ainda tinham que se prostituir. Os primeiros testemunhos das vítimas confirmaram maus tratos, abusos e cárcere privado. De acordo com os relatos, elas dormiam no chão entre ratos e insetos, e os castigos eram dados através de agressões físicas, abusos sexuais, privação de água ou comida, ou refeições com alimentos podres.

Informações: UOL e G1 com AFP

Foto:  Armando Aguayo (Creative Commons)