InPACTO é discutido em reunião da Conatrae na SDH/PR
27-08-2014

A Comissão Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae), em reunião realizada nesta terça-feira (26) na Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), apresentou novas informações sobre o resgate pelo governo federal de 14 trabalhadores haitianos que estavam em condições de escravidão em uma oficina de costura na região central de São Paulo. A operação é a primeira envolvendo imigrantes dessa nacionalidade no Estado. O caso é inédito.

Os integrantes da comissão também discutiram sobre o InPACTO, que tem o objetivo de fortalecer e ampliar as ações realizadas pelo Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo, criado em 2005 pelo Instituto Ethos, Instituto Observatório Social, Repórter Brasil e Organização Internacional do Trabalho.

O Regimento Interno da Conatrae também foi assunto na reunião. O documento ainda depende de aprovação, mas já foi submetido à apreciação dos representantes da comissão, além de já ter sido analisado pelo Departamento Jurídico da SDH.

Fonte: Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República

Foto: Mariana Leal /SDH-PR

LEIA TAMBÉM

Haitianos e bolivianos são resgatados de trabalho escravo em São Paulo