Novo iPhone é lançado com pressões por condições de trabalho
28-09-2015

Não foi apenas o frisson dos consumidores que marcou o lançamento do novo aparelho da Apple na semana passada. As condições de trabalho nas fábricas foram tema de um relatório divulgado pelo grupo Estudantes e Estudiosos contra o Mau Comportamento (Sacom, na sigla em inglês).

Após três meses de investigação, o grupo baseado em Hong Kong acusou a Lens Technology, que produz telas sensíveis ao toque, de “forçar o cumprimento de horas extras, reter salários e pôr a saúde dos trabalhadores em risco”, conforme informou a agência de notícias AFP no último dia 25.

O Sacom aproveitou o dia do lançamento do novo aparelho da Apple na semana passada para pedir à empresa que “aplique medidas imediatas para corrigir explorações em sua corrente de fornecedores”.  Em um comunicado, o grupo destacou: “Nós pedimos que a Apple Inc. cumpra sua responsabilidade corporativa… de dar aos trabalhadores um local de trabalho com dignidade e respeito”.

Entre as alegações de exploração estão a ausência de dias de descanso para funcionários que trabalharam durante trinta dias seguidos, salários retidos por semanas e a falta de pagamento de seguro social. Segundo o grupo, “poeira, barulho, água poluída e substâncias químicas são problemas comuns na fábrica”.

Pelo menos dez manifestantes estiveram em uma das maiores lojas da Apple em Hong Kong na manhã da última sexta-feira. Eles carregavam telefones gigantes com a frase “”Throw Away The Bad Apple” (“Jogue fora a maçã podre”).

Ainda segunda a AFP, a Lens Tecnhology, que também fornece para a Samsung e outras gigantes de tecnologia, negou deixar de pagar o seguro social e afirmou que realiza inspeções regulares no ambiente de trabalho. “A Lens Tecnhology é uma empresa registrada e sempre cumpriu com as lei e regulações, além de seguir estritamente os padrões definidos por nossos clientes”, declarou por e-mail à agência de notícias. Liang Pui-kwan, porta-voz da Sacom, afirmou que a Apple não é o único alvo do grupo, mas por ser a mais rica e maior companhia tem maior habilidade para influenciar a indústria.

*Com informações da Agência AFP

Imagem: Reprodução/Apple

Leia também:

Seu eletrônico pode ter sido produzido por escravos

Chinês morre em fábrica da Apple após jornada excessiva de trabalho

Apple expõe cadeia produtiva com graves problemas