Petrobras tem ações integradas para prevenir e combater trabalho escravo
14-07-2016

Como as empresas podem ajudar a prevenir e combater o trabalho escravo no Brasil? O InPACTO conversou com Janice Dias, Gerente de Orientações e Práticas em Responsabilidade Social da Petrobras. A entrevista foi realizada no final de 2015, na sede da empresa, no Rio de Janeiro.

A Petrobras é signatária do Pacto desde 2005. Desde então, a empresa tem buscado desenvolver uma ação integrada para contribuir com o combate ao trabalho escravo no Brasil. “Integrada porque ela inicia no cadastro de fornecedores quando eles assinam um termo de compromisso de que não utilizarão a mão de obra escrava em qualquer circunstância. Depois, existe uma cláusula contratual em que ele firma o compromisso de não utilizar trabalho escravo, degradante e até mesmo trabalho infantil, que vale tanto para ele, quanto para qualquer subcontratado que ele vier a ter”, explicou Janice.

Segundo ela, a empresa também desenvolvido um aprimoramento em instrumento de gestão. “São guias, padrões, procedimentos e instrumentos para  para que os nossos colegas, ao fazerem a fiscalização de um contrato, possam olhar para essa temática também com todo o cuidado que ela merece”, contou. Além disso, Janice também ressaltou que há um trabalho de capacitação tanto para os fornecedores quanto para os empregados da Petrobras que exercem a fiscalização.

“Nossa participação no combate ao trabalho escravo é de fundamental importância. E de fundamental importância é que cada vez mais empresas entrem nessa luta. Para que cada vez mais empresas compartilhem conosco esta trajetória. Nós ainda temos trabalho escravo no Brasil e não podemos permitir que isso aconteça, declarou.

Este vídeo faz parte de uma série produzida com o objetivo de sensibilizar e mobilizar as empresas para a prevenção e erradicação do trabalho escravo em seus negócios e suas cadeias produtivas. A ação está entre as atividades do InPACTO na promoção da prevenção e erradicação do trabalho escravo no Brasil nas cadeias produtivas de empresas nacionais e internacionais.