Boas práticas é tema de Encontro com Associados InPACTO
10-07-2018

A troca de experiências e a ampliação de conhecimento são de praxe nos Encontros com Associados, mas a última edição potencializou a oportunidade para os membros do instituto se inspirarem e promoverem as boas práticas em suas organizações, com a apresentação de iniciativas de sucesso da Renner e Petrobras Distribuidora.

“As organizações associadas ao InPACTO assumem os 10 compromissos do Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo e um deles, inclusive, é sistematizar, divulgar e compartilhar boas práticas para prevenção e erradicação do trabalho escravo. Mas, mais do que uma obrigação, acreditamos que as boas práticas e iniciativas de sucesso devem ganhar visibilidade para serem replicadas, por isso procuramos sempre destacá-las em nossos encontros”, explica Vania Schoemberner, coordenadora de Mobilização e Relacionamento do InPACTO.

Para a Renner, o combate ao trabalho escravo faz parte dos compromissos públicos assumido pelo presidente da empresa. Uma das iniciativas é o programa “Fornecedores Responsáveis”, que atinge os 298 fornecedores que a companhia tem no Brasil e recebe a atenção de 10 profissionais da empresa. Entre as ações desenvolvidas está a criação de um índice de desenvolvimento global de fornecedores.

A Petrobras Distribuidora também torna público seu compromisso com a causa, destacando em sua Política de Responsabilidade Social (disponível no site da companhia) que seus fornecedores devem se comprometer a não utilizar mão-de-obra análoga à de escravo e assinam Termo de Compromisso em alinhamento com essa política. A empresa também divulga internamente o cadastro de empregadores que tenham submetido trabalhadores a condições análogas às de escravo, a chamada “lista suja”.

O próximo Encontro com Associados InPACTO será realizado em setembro.

Para conhecer outra boa prática dos associados InPACTO, acesse: Gusa Nordeste S/A, associada InPACTO, adota medidas para avaliar e contratar fornecedores.