InPACTO recebe associados e comemora avanços no monitoramento e pacto setorial
17-12-2018

O InPACTO recebeu associados na segunda-feira (3) para apresentar um balanço das atividades realizadas em 2018. No encontro, foram destacados os avanços no monitoramento dos compromissos assumidos pelos associados e o Pacto Setorial para a Sustentabilidade Social do Café no Brasil. A atividade foi realizada na ESPM, instituição parceira que criou recentemente um Comitê de Direitos Humanos e agora abre espaço para ampliar as atividades e o envolvimento da academia com o tema.

O presidente do InPACTO, Tulio Dias Brito, comentou sobre a atuação do instituto em projetos específicos de cadeias produtivas, como no caso do café e do têxtil e reafirmou a disponibilidade para o desenvolvimento de estratégias para novas cadeias produtivas e setores.

Mércia Silva, Diretora Executiva, ressaltou a importância de se entender o InPACTO como uma organização de assessoria técnica que atua para a consolidação de compromissos com seus associados, de uma maneira personalizada e contextualizada, o que envolve uma a articulação conjunta, em escala nacional e internacional, em favor do combate ao trabalho escravo.

Monitoramento e Planos de Ação

Todos os anos o InPACTO realiza um monitoramento dos compromissos assumidos pelos seus associados para avaliar progressos e desafios das empresas no cumprimento desses compromissos de combate ao trabalho escravo. Em 2018, três grandes melhorias podem ser comemoradas neste processo: a automatização do questionário, o que garante ao associado a visualização imediata do seu resultado, um ranking que mostra como uma empresa está posicionada em relação às demais e o aprimoramento do algoritmo, que passa a valorizar na mesma medida outros compromissos para além do uso da Lista Suja.

Com o resultado do monitoramento, as empresas têm mais insumos para a elaboração de planos de ação de prevenção e combate ao trabalho escravo. Este esforço permite que o associado faça uma autorreflexão e pense em estratégias para melhorar sua atuação nos pontos críticos que identificar.

Pacto Setorial

O lançamento do Pacto Setorial para a Sustentabilidade Social do Café do Brasil, em novembro deste ano, como resultado do projeto Mesa de Café Brasil, representou um grande avanço para o setor que busca condições dignas, seguras e equitativas em toda cadeia produtiva. Um passo também bastante significativo para o InPACTO por ser o seu primeiro pacto setorial, uma vez que outras iniciativas semelhantes se deram no âmbito do Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo, antes de sua institucionalização.