Vozes da Moda: Agreste 2030

O Vozes da Moda: Agreste 2030 é fruto do diagnóstico da necessidade de um projeto que conseguisse potencializar a construção coletiva entre os múltiplos atores que atuam no setor de confecção com a finalidade de fomentar o desenvolvimento sustentável na cadeia têxtil e de melhorar as condições de trabalho na região do agreste de Pernambuco.

“Visitamos a cadeia de denim da região e promovemos uma série de diálogos com diversos setores que atuam no campo, entre eles, empresários, poder público, instituições de justiça, sindicatos e trabalhadores. Temos um grande desafio pela frente e é nosso papel ajudar todos esses atores a sentar, dialogar e encontrar soluções coletivas”, destaca a diretora executiva do instituto, Mércia Silva.

O Vozes da Moda está alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas, que propõem um novo modelo global para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar de todos a partir da implementação de 17 ODS até 2030. O projeto irá atuar com os objetivos relacionados à redução de desigualdades e à promoção do crescimento econômico, inclusivo e sustentável, e do trabalho decente.

O projeto é articulado em conjunto pelo InPACTO, Instituto Ethos, Repórter Brasil e Dieese – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, com apoio institucional do Instituto C&A.